Fiquem A Conhecer A Rececionista Sara

Olá a todos!

Hoje vou vos dar a conhecer uma grande amiga e uma grande profissional na área da hotelaria, a Sara.

Já trabalhamos juntos ( foi assim que nos conhecemos) e hoje ela vai partilhar connosco um pouco da sua experiência como rececionista e dicas de como sobreviver na hotelaria.

Olá Sara! Conta-nos como foste parar à hotelaria.

Olá Andreia.

Eu sempre fui uma pessoa um pouco indecisa, por mais que pensasse eu não sabia que profissão gostaria de ter e para ajudar a minha família e começar a minha independência, decidi não ir para faculdade e começar a trabalhar mal terminasse o 12º ano.

Mas o que é que eu ia fazer ?? Surgiu uma oportunidade de integrar num curso profissional de Técnico de Turismo. O turismo no Porto está cada vez a crescer mais e depois de alguma pesquisa, vi as enormes possibilidades que o Turismo me poderia dar.

E foi assim que decidi que o Turismo poderia mesmo ser para mim.

Quando começaste, o que esperavas desta profissão?

Nunca fiquei em muitos  hotéis na minha vida, por isso a noção do que era um recepcionista era muito vaga.

Mas o fato de alguém poder conhecer pessoas de todo o lado do mundo, conhecer possivelmente algumas personalidades para mim era bastante interessante.

Para quem está ainda estudar hotelaria, que conselhos deixas?

Que não desistam dos vossos sonhos e do que desejam ser quando terminar os estudos. 

 A persistência, não se desmotivarem, é o vosso sucesso.

O que é preciso ter, na tua opinião, para se ser um bom rececionista?

Principalmente é preciso confiar em nós mesmos e sabermos do que somos capazes, ter atitudes positivas e sempre de sorriso na cara, mesmo que custe.

Um rececionista interage todos os dias com muitas pessoas por isso a postura é muito importante. Ser organizada, flexível, sociável e cordial.

Saber lidar com problemas com calma e respeito é muito importante.

Que dificuldades foste encontrando nesta profissão ao longo dos tempos?

Penso que mais complicado nesta profissão, no meu caso, foi a minha vida social, que no inicio era basicamente nula.

O meu primeiro emprego como rececionista não foi fácil, pois tinha a sensação que passava a minha vida dentro do hotel. O stress também apoderou-se muito de mim, era muita pressão e exaustão.

Se não houver organização, a nossa vida pessoal e profissional fica caótica, o que nos pode afetar muito. 

O que te imaginas a fazer daqui a 5 anos? Ou o que gostarias de estar a fazer? Ainda na hotelaria?

Posso agora dizer que depois de batalhar , me encontro bem empregada, num bom posto como rececionista onde sou valorizada como profissional e como pessoa.

Aprendi imenso estes últimos anos, fiz amigos para a vida e aprendi a lidar com todo o tipo de situações.

Daqui a 5 anos, quem sabe se ainda continuarei na hotelaria. Se assim for, fá-lo-ei com muito gosto.

Prefiro viver a minha vida um dia de cada vez porque nunca sabemos o dia do amanhã. 

 

E em 6 perguntas ficaram a conhecer a Sara! Quem sabe se na próxima estadia no Porto não são recebidos por ela 😉

sara

 

rodape simply life

 

Anúncios

4 comentários em “Fiquem A Conhecer A Rececionista Sara

  1. […] A tarde em principio vai ser passada em casa com a Queen, a preparar algumas coisas ( que não posso adiantar, pois é para o blog) pois amanhã  irei fazer “essas coisas” com a ajuda da minha amiga Sara, que se ainda não leram a entrevista que fiz com ela, não sabem o que estão a perder ( vou deixar o link aqui). […]

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s